Amanda Leocádio, 17 anos, MG-Brasil. Sou fascinada por histórias (reais ou inventadas), por poesia, por música e por cartas. Não gosto de chuva, nem de frio. Feminista. "Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância." - Simone de Beauvoir
home / ask / créditos / ratas
via
Eu sou assim, ligada na tomada. Sempre querendo encontrar uma razão pra tudo. Pessoas como eu sofrem mais. Se decepcionam mais. Por outro lado, crescemos. Evoluimos. Amadurecemos. Nada é estático em nossas vidas. Nada é à toa. Tudo ganha uma compreensão, tudo é degrau, tudo eleva.
Martha Medeiros.  
Like this post
via
Mas eu só queria alguém que entendesse minhas loucuras, e suportasse o fato de que sou uma pessoa complicada de se lidar.
via
Você procura por alguém que cuide de você quando está doente, que não reclame em trocar aquele churrasco dos amigos pelo aniversário da sua avó, que jogue “imagem e ação” e se divirta como uma criança, que sorria de felicidade quando te olha, mesmo quando você está de short, camiseta e chinelo.
Mário Quintana. 
via
E esse é o problema de todas as pessoas que são sinceras. Acham que todo mundo também é.
O Caçador de Pipas.  
via
Eu era feliz, porém tudo tem um porém.
Jardineiro.
via
Não aceite migalhas, Deus te fez mulher, e não formiga.
Tati Bernardi
Like this post
Tive vontade de sentar na calçada da Rua Augusta e chorar, mas preferi entrar numa papelaria, e comprar um caderno lindo para anotar sonhos, mais uma pastinha de Oxum para guardar umas histórias novas.
Caio Fernando Abreu.
Like this post
via
Sobram tantas meias verdades que guardo pra mim mesmo
Sobram tantos medos que nem me protejo mais.
O teatro mágico 
via
Tenho frases guardadas, que fiquei de dizer quando houvesse sentido.
Gabito Nunes
Like this post
Ele nunca vai me amar, sussurrou para si mesma a verdade na escuridão de uma noite em claro. Era triste, mas ela sabia perfeitamente que a afirmação era verdadeira, não havia um porém, um adendo ou qualquer coisa para ser posta depois da frase. Difícil aceitar a verdade, não é? Ele nunca vai me amar, repetiu para si mesma e se deixou levar pela corrente de pensamentos que embalava seu estado de quase sono. Se passariam vários dias até que ela percebesse que não precisava ser amada por aquele cara em especial, existiam centenas de outros por aí e mesmo que eles todos não fossem quem ela queria, mais cedo ou mais tarde ela teria que superar que não deixaria sua vida perder a cor por causa de um único alguém. Qual era o ponto em que ela queria chegar? Bem, ela não sabia. Ela simplesmente sabia que queria fazer alguma coisa em relação a tudo que estava errado ou fora do lugar mas não é sempre que podemos resolver a confusão toda. Deitada no escuro, ela se virou na cama e começou a refletir. Ele só tinha a tocado uma única vez e tinha sido um acidente. Como poderia gostar dele? Agora mesmo ele deve estar orgulhoso de saber o grande número de garotas que se afogaram naqueles olhos azuis e ela era apenas mais uma… Lembrou do que sua amiga lhe disse:”Ele vai estar contente de saber que você é só mais uma. Pense bem, quanto tempo vai levar até ele te classificar como alguém que não faz o tipo dele? Ele, com toda certeza, não vai pensar duas vezes em pedir para que você vá embora na primeira discussão”. Ele não poderia fingir que gostava dela? Ela poderia embarcar nesse jogo. O que ela não podia era aceitar a ideia de que ele não seria dela. Uma única mentira, era só disso que precisava. Não queria saber da verdade, queria viver uma mentira para simular um amor verdadeiro e no fim, quem sabe, tudo não se torna um conto de fadas e termina com um final feliz. Ela sabia que a vida não era assim… Com um último suspiro virou-se na cama e repetiu para si mesma: Ele nunca vai me amar.
Adilson F.  
via
Se você for uma garota boba como eu fui, acorde. Ninguém é muita areia pra ninguém. Pessoas aparentemente especiais se apaixonam por outras aparentemente banais e isso não é um trote, não é uma pegadinha, não é nada além do que é: um inesperado presente da vida, que todos nós merecemos.
Martha Medeiros. 
via
Em que bar será
Que você fica rindo
Daquele amor
Que eu achava lindo?
Cazuza 
via
Pensei em sumir. Desaparecer. Despistar. Fingir. Só que eu não vou. Vou me esforçar e acreditar que tudo vai ficar bem. A esperança nos mantém vivos, certo? A fé nos faz andar para a frente, certo? Então tá certo. Ficamos combinados dessa forma. Não espere poesia, linhas bem feitas, palavras bonitas. Simplesmente não posso. Agora não. Não sou de ferro.
Clarissa Corrêa